domingo, 15 de janeiro de 2012

A primeira consulta.


Segunda, 09/01, sai do trabalho mais cedo pra chegar na hora marcada no consultório.
Apesar de ser uma médica "das melhores" o consultório dela deixou a desejar, bem pequeno, com poucas cadeiras.
Fui esperar na sala ao lado, e tome demora, 1, 2 horas de atraso, e eu já achando que não iria me consultar.
Passados quase 3 horas a médica chegou, ela tinha ficado presa no congestionamento por conta de uma manifestação de estudantes contra aumentos na passagem de onibus, aqui em Teresina.
Eu era a 10° a ser atendida...
E tome hora...
Lá no consultorio peguei informações com uma moça bem simpatica que estava com seu baby, uma linda menina. De acordo com ela a médica era excelente e ela tinha vindo de Pernambuco, onde estava morando, só pra consultar com ela.
Depois dela eu entrei...
Cheguei um pouco nervosa.
Disse a médica que tinha ido lá por indicação de uma amiga, que eu estava gravida e ela nem um leve soriso deu...
Já fiquei cabreira.
Perguntou o dia da DUM, fez os calculos e disse exatamente aquilo que eu já sabia.
Disse que passaria uma bateria de exames e só depois iria me avaliar. Nem mediu pressão, nem perguntou meu sangue, nada!
Fiz poucas perguntas e por fim acabou a consulta.
Confesso que  fiquei bastante frustada, sai de lá com muitas duvidas e não senti aquela confiança na médica.

Isso me deixou bastante estressada, ao sair de lá fui ver a casa que vamos morar... e eu ODIEI.
Marido ficou triste porque ele tinha escolhido tanto e mesmo assim não me agradou, mas não tem mais o que fazer, já está pago e agora tenho que ficar.
Ontem fui fazer os exames que a médica passou e entregarei a ela na proxima semana, vou ver se ela me agrada dessa vez, se não, eu mudo logo.
Estou ainda sem muitos sintomas; algumas dores de cabeça, cólicas, indisposição...
 
Mas tudo é valido, quando imagino que daqui a uns meses estarei com meu pequeno nos braços.
É muito Amor! 







PS: Amigas, desculpem meu sumiço, é que ainda estou morando na casa da minha irmã e ainda estou sem net. E só olho de vez em quando. 
:)
 

3 comentários:

Evelyn disse...

Espero que você consiga se adaptar a uma médica que realmente te transmita confiança.Afinal, ela será uma ligação entre você e o bebê.

Beijos e boa sorte com a nova casa;

Mima disse...

Analisa direitinho a médica na próx consulta e não perca tempo, se não te agradar, mude logo!!
O q vc não gostou na casa? #curiosaaaaaaaa# rsrs

bjos,

Futura mãmã disse...

Espero que a medica mude e que naquele dia estava de mau humor ksks que agora seja melhor e lhe de confiança !
Beijo