sábado, 15 de setembro de 2012

Pós parto- Recuperação e primeiros dias!


Cheguei ao quarto depois de uns 40 minutos da cirurgia, os pontos são meio demorados, e ainda tive que esperar ser liberada para ir pro quarto...
Na saída encontrei minha irmã e minha mãe... e eu com a minha boneca entre as pernas a mamãe e Deinha quase chorando!!!
Ela estava tão linda, toda de rosa, parecia um "ursinho carinhoso" desenho animado que assisti na minha infância.  tão fofinha!

Logo que chegou colocaram ela no meu peito... e eu toda sem jeito tentava amamentar sem me mexer, a anestesia ainda não tinha passado e eu não sentia as pernas.
Graças a Deus minha pequena mamou como uma bezerrinha...
Que sensação maravilhosa, ver aquele serzinho tão pequeno e indefeso tirando de mim o alimento que necessitava para sobreviver!

Saindo da sala de Parto.
Papai pegando pela primeira vez.
Minha primeira mamada.
Mamãe curujando... não tirava o olho! 


Uma coisa que eu aprendi com as mais experientes é que não se deve falar após o parto porque se não ficará com gases e eu e marido providenciamos um bloquinho, pra anotar o que eu queria falar. E eu recomendo...
Foi a noite inteira tomando soro...e com a sonda para fazer xixi.
Não estava sentindo dores nenhuma... era um pouco ruim fica completamente deitada.

Durante a noite eu não dormi, passei a noite toda admirando a Ana Júlia ! E também fiquei com medo de acontecer alguma coisa com ela e eu não ver, de raptarem... Pensava que ela poderia passar mal e não ter quem a acudisse... ( A louca)
Impressionante é que antes de ter bebe eu dormia horrores e quando não tinha uma boa noite de sono eu ficava chata, cansada... mas hoje eu passo a noite acordada e não sinto nada!
Ela dormiu a noite toda e eu já estava apreensiva com medo da menina morrer de fome... a toda hora eu chamava meu marido para eu tentar dar de mamar e ela não acordava, pedi pra chamar a enfermeira e saber se isso era normal, ela me disse que sim. 

Pela manha foram dar o banho nela... e a arrumaram toda linda.
Recebi as primeiras visitas ainda cedo, o que eu não recomendo... Vc ainda tá meio descabelada, sem banhar, sem passar um batonzinho (kkkk)... Nem podia falar direito! O ideal é que as visitas só apareçam depois da mãe ter banhado.

As mais experientes sempre falavam que a pior hora é a hora de se levantar pela primeira vez, procurei mexer bem as pernas, os braços, a cabeça, pra não sentir um baque tão grande...
Enfermeira tirou a sonda... que nem senti
Almocei pra poder ficar mais fortinha e logo o médico liberou meu banho.
Fui com a ajuda do marido, esperei nem a enfermeira... Levantei devagar, meio curvada, estava com medo e com uma leve dor.
Marido quase entrou no chuveiro comigo...mas no fim eu consegui banhar sozinha.
Na hora de fazer xixi doeu um pouco, parecia que eu tinha que fazer força...
Coloquei a uma calcinha de cos e calcinha cinta com zíper e isso foi maravilhoso porque deu sustentação a minha barriga.

 Não senti tontura, nem gases.
O dia foi muito tranquilo... Recebi algumas visitas e já estava me sentindo super bem, mas pra ir ao banheiro, só com a ajuda do marido... por algum motivo sentar no vaso era ruim.

Durante o dia Ana Júlia dormiu quase todo tempo, mas a noite não parou de mamar um minuto... toda hora chorava e só se calava com peito, eu já estava com meus mamilos hiper sensíveis, tinha hora que dava vontade de chorar também, mas o Amor é tão grande que eu me sentia era a super mãe , Feliz da vida porque minha filha só se calava nos MEUS braços!

Umas 6:30 da manhã minha irmã chegou com a chupeta de Julinha e ela abocanhou o bico e dormiu e eu também...

Na hora do banho eu tava um pouco nervosa porque meus mamilos estavam muito doloridos e até a água doía... estava com medo de não conseguir amamentar, de ver minha filha passar fome, ou ter que dá leite de lata...Nisso eu comecei a ficar tonta no chuveiro, tudo rodava e eu senti minhas pernas “faltarem” ... marido me sentou no vaso ate eu me sentir melhor, fui deitar, estava muito nervosa com a dor nos peitos.

Achei que não fosse ter alta de manha, pois ainda não tinha dado 48 do parto, mas pra minha surpresa o médico me liberou, sai do quarto de cadeira de rodas porque tive medo de ficar tonta dinovo e mandarem eu voltar pro quarto! Rsrs

Fui furar a orelhinha dela, na maternidade mesmo! Ficou linda com o brinquinho!
Passamos no Posto para dar as vacinas... na maternidade custava R$200 e no posto era de graça. Tomou a BGC e Hepatite... chorou pouco, mas eu quase morro de dó, mas me surpreendi...fiquei lá do ladinho dela. Achei que não tivesse coragem!

Chegamos em casa e eu já caminhando sem ficar curvada, me sentindo super bem... fiquei com a Ana um pouco na cama...sentindo a maravilha de ter ela ali no nosso lar!
Apresentei o quartinho dela... e a deitei no berço. Ela Amou (acredito eu) ficou linda quietinha dormindo no berço dela.

Como ela não tinha banhado na maternidade precisava se refrescar, mas a mamãe não tava aqui e eu não queria pedir pra minha sogra, olhei pra marido e perguntei se a gente dava conta... ele disse claro, a filha é nossa.
Esquentamos a agua, separamos a roupinha e o que iriamos precisar e lá fui eu dá um banho na minha filha de 2 dias de vida! Gente eu tremi, mas ao mesmo tempo me senti tão forte e capaz...
Dei o banho meio desajeitada, claro, e ela chorou pouco...arrumei ela toda e me senti ainda mais mãe por poder cuidar da minha filha!

Estava me alimentando a base de sopas por recomendação médica...
Amamentava conforme ela chorava por peito...a noite mamou as 12:30 e só acordou as 6 da manha...


Ana Júlia toda linda apos seu banho!
Mamãe e Ana Júlia se conhecendo mais!
Saindo da maternidade.
Minha pererequinha furando a orelha! Oh Dó!

Papai todo orgulhoso segurando Julinha.
Vovó dando as primeiras vacinas.
Esparramada na cama da mamãe e do papai!
Conhecendo meu quartinho!

Muito boazinha minha filha.
Só reclama por comida e fralda suja. E é só a gente resolver esses “problemas” dela que ela dorme como um anjo!

Não canso de olhar pra ela e as vezes chego a chorar de Amor, de emoção, de agradecimento a Deus por ter me dado tão grande dádiva! 





PS: Desculpe pelo post enooorm, mas é muita novidade pra contar Rs

8 comentários:

Rose disse...

Aaaaamei as fotinhos e post...lindo de viver amiga....q maratona né.....mas vale super a pena....pedimos tanto ao nosso Deus esse milagre, agora é cuidar com amor e carinho,como vc tem feito....mas me fala e as peitiolas...rsrs parou de doer....como esta fazendo com isso...o importante é procurar sempre ajuda nesse sentido né amiga...para q ela possa mamar sempre nos peitios...rsrs


Bezuuu em vc e na Julinha

Drika disse...

Que linda !!!!estou com 37 semanas e adorei ler seu relato
bjs Drika

Janaina Cassis disse...

Parabéns Ana!
Nossa que alegria poder chegar com sua princesa pela primeira vez em casa, me lembrei de mim tambem quando cheguei com Lelynha em casa.
Tbém eu e marido demos banho sozinho e passamos o maior medão, mas demos conta do recado, rs!

Enfim parabéns e prepare-se pra a partir de agora ser feliz realmente!!!
bj

Cibele Leite disse...

Parabéns, que deus abençoe essa linda família! Uma beijoca bem especial para Aba Júlia.

Mariliz disse...

Oi flor, so agora consegui passar pra dizer meus parabéns! Que sua filha eh linda!!! Eu estou de ferias e nem tenho entrado na internet! Um grande beijo!! E muita saúde pra julinha!

Luigia Macena disse...

Que bom que deu tudo certo, que Deus continue abençoando vcs!
Ela é linda de viver!
Mil bjus!

Mima disse...

Ana, q lindo ler este post repleto de emoção!!! fico feliz por tudo ter dado mais q certo e q vcs estejam no lar de vcs desfrutando da filhota linda de vcs!!

bjos,
http://sonhosdemima.blogspot.com.br/

Lidi disse...

Ai, Ana...tão bom ver vc saindo da maternidade felizes, ou melhor, radiantes, com a princesinha de vcs....


Bjs!